quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Watchman Nee

Postado por: O Criador & Criatura

BIOGRAFIA CRISTÃ : Nee To-sheng (1903-1972), também conhecido como Watchman Nee, é reconhecido como um dos principais líderes cristãos surgidos na China. Watchman iniciou o movimento "Restauração do Senhor" e seus escritos influenciam líderes no mundo inteiro.

"Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor.". (1ª Coríntios 13:13, VRA, SBB).

Nee To-sheng
Watchman Nee.
(1903-1972)
Nee converteu-se ao cristianismo em Fuchow, na China. Ele tinha apenas 17 anos de idade e era aluno no Trinity College. Deus utilizou fortemente o ministério da irmã Dora Yu não somente para a sua conversão, mas também para a sua edificação e seu aperfeiçoamento.

Depois de sua conversão, Nee Shu-tsu alterou o seu nome para Nee To-sheng, pois existia entre os chineses de sua região o costume de trocar o nome sempre que acontecia um evento especial ou algo marcante em sua vida.

Nee To-sheng
Watchman Nee.
(1903-1972)

No caso do irmão Nee o evento especial foi a sua conversão ao Cristianismo. Posteriormente utilizou um novo nome em inglês "Watchman" (Sentinela) assim como o nome em chinês "To-sheng" que significa "alarme de sentinela", pois considerava-se uma sentinela levantada por Deus para soar um alarme na noite escura chinesa. No ocidente ele é mais conhecido como Watchman Nee.



Watchman Nee
Watchman Nee.
(1903-1972)


Watchman Nee "recebeu profunda visão espiritual do propósito eterno de Deus e de Seu mover nos últimos tempos. Seu abundante ministério, por cerca de 30 anos, é reconhecido por todo o mundo como um símbolo de total fidelidade a Deus".




Watchman Nee
Watchman Nee.
(1903-1972)




"Suas palavras e obras têm sido usadas por Deus para trazer revelação e vida a milhares de cristãos sedentos em muitas partes do mundo, de tal maneira que dificilmente se encontrará um líder espiritual sério com Deus e com Sua Palavra que não tenha sido, de alguma forma, influenciado por seus livros".





Dora Yu
Dora Yu.
(1873-1931)
DORA YU

"Entre os evangelistas que o Senhor levantou na China, havia uma jovem irmã cujo nome em inglês era Dora Yu e, em chinês, Yu Tzu-tu. Ela foi salva ainda bem jovem e, mais tarde, enviada por sua família à Inglaterra para estudar medicina. A caminho da Inglaterra, seu navio aportou em Marselha, no sul da França. Naquele momento, ela ganhou um pesado encargo e disse ao capitão que não poderia continuar a viagem e que teria de voltar para pregar o evangelho de Cristo. O capitão ficou perplexo, mas nada pôde fazer a não ser enviá-la de volta para a casa".

"Ela saiu de casa, peregrinando pelas ruas e pregando o Senhor Jesus. Ninguém a assalariou. Ela simplesmente confiava no Senhor. Por meios supridos pelo Senhor, ela alugou uma loja num subúrbio de Xangai para a pregação do evangelho. A partir de então, foi convidada pelas denominações para realizar muitas reuniões de pregação do evangelho. Ela viajou extensivamente por muitas províncias fazendo a obra do evangelho, e tornou-se uma testemunha prevalecente para o Senhor. Ela continuou a pregar pelo resto de sua vida, levando centenas de pessoas ao Senhor [Jesus Cristo]".

"Em fevereiro de 1920, Dora Yu foi convidada para ir a Fuchow, capital da província de Fukien, onde pregou o evangelho num auditório metodista. Sua pregação foi tão convincente e cheia de poder que, depois de cada reunião, podiam-se encontrar fileiras de lágrimas no piso, devido ao choro da audiência. Muitos foram salvos. Entre os convertidos estava uma senhora chinesa muito culta, a mãe de Watchman Nee".
Assim começou a obra do Espírito Santo em Watchman Nee. Deus começou trabalhando em sua família.


Mao Tse-tung
Mao Tse-tung.
(1893-1976)
MAO TSE-TUNG

"Na primavera de 1920, a mesma estação do ano em que Watchman Nee converteu-se ao Cristianismo, um outro jovem chinês (somente dez anos mais velho que Watchman) estava concluindo sua conversão ao evangelho de Karl Marx. Mao Tse-tung, nascido numa família camponesa, havia participado poucos anos antes da Revolução do Povo. Ele tinha feito sua parte ajudando a defenestrar a Dinastia Imperial que havia controlado a China por séculos".

"Assim como Mao procurava um mentor que pudesse ensinar-lhe a ideologia marxista, o adolescente Watchman estava na busca de um guia que o instruísse nas questões da religiosidade. Mao Tse-tung procurou uma conexão política, que o ajudasse a prepará-lo para que um dia ascendesse à liderança do Partido Comunista da China. Watchman Nee orou a Deus para que lhe fosse enviado um crente maduro, que pudesse ensiná-lo acerca das profundas verdades da Palavra de Deus".

"Mao encontrou o militante ateu Chen Tu-hsiu, que mais tarde comandaria a perseguição aos cristãos, na condição de secretário geral do Partido Comunista. Juntos eles governariam a China com mão de ferro. Watchman encontrou a missionária anglicana Margaret Barber e, juntos, assentaram os alicerces da igreja cristã na China".
Margaret E. Barber
Margaret E. Barber.
(1866-1929)
MARGARET E. BARBER
Além da forte influência recebida através do ministério de Dora Yu em sua Escola Bíblica, Watchman Nee também foi ajudado e edificado pela senhorita Barber, uma missionária anglicana que fora enviada para Fukien, na China.
Antes disso, a senhorita Barber entrou em contato com D.M. Pantom. O Sr. Pantom era um grande estudioso da Palavra e através do seu relacionamento ministerial com ele, Margaret Barber alcançou muita clareza espiritual. Miss. Margaret Barber conhecia o Senhor de maneira viva, pois havia experimentado e praticava continuamente as lições da cruz. Viveu pela fé, pois não tinha qualquer meio externo de apoio financeiro.
"Por seu relacionamento com a senhorita Barber, Watchman Nee foi grandemente edificado e aperfeiçoado. Sempre que tinha um problema ou precisava de instrução ou fortalecimento espiritual, ia ter com ela". Ela o tratava como um jovem aprendiz e frequentemente administrava-lhe disciplina bíblica.


Watchman Nee e Austin-Sparks
Esquerda: Watchman Nee;
Direita: T. Austin-sparks (1888-1971).
WATCHMAN NEE
E
THEODORE AUSTIN-SPARKS

T. Austin-Sparks foi um evangelista cristão inglês, enviado ainda garoto para viver na Escócia com os seus parentes. Ali recebeu e experimentou o evangelho de Cristo quando tinha aproximadamente 17 anos de idade, enquanto ouvia um grupo de jovens pregadores em Glasgow (lugar em que nasceu o Dr. Robert Kalley). Em pouco tempo, Sparks estava dando o seu próprio testemunho.

Entre os vários livros que Austin-Sparks escreveu, no mínimo, três são considerados clássicos da literatura cristã: "A Escola de Cristo", "A centralidade e supremacia do Senhor Jesus Cristo" e "Vimos a sua Glória". O tema principal dos seus livros é a exaltação do Senhor Jesus Cristo.

Seu ministério alcançou a Europa, América do Norte e Ásia. Foi um importante conferencista ministrando várias conferências no Reino Unido, Estados Unidos, Suíça, Taiwan, Filipinas e outros países. Muitas de suas mensagens faladas foram gravadas e um grande número de mensagens de áudio e livros estão disponíveis nos nossos dias. Ele insistiu que os seus escritos e mensagens não deveriam ser protegidos por direitos autorais, demonstrando um coração livre de ambições e avareza, por isso sua obra está disponível livremente até os dias de hoje.

Muitos dos que treinaram sob o seu ministério tornaram-se missionários e educadores cristãos. Laborou em estreita colaboração com vários líderes cristãos conhecidos no Reino Unido e em outros países: Bakht Singh da Índia; Roger Forster de Forest Hill; Stephen Kaung de Richmond, Virginia; Lance Lambert de Jerusalém, Israel; e Watchman Nee da China.

Dentre os livros de Watchman Nee, os livros de T. Austin-Sparks ocupavam um lugar importante.

Bíblia
Bíblia Antiga.
MÉTODO DE LEITURA BÍBLICA

"Quase tudo o que ele aprendeu a respeito de Cristo, sobre as coisas do Espírito e sobre a história da igreja foi adquirido por intermédio do estudo da Bíblia e da leitura de livros escritos por homens espirituais".
Desde o início de sua jornada cristã, Watchman Nee estudou diligentemente a Bíblia. Vejamos os seus métodos de estudo:
1º Um estudo geral de todos os livros da Bíblia, em sequência, para adquirir uma visão global;
2º Estudo de um livro particular, tal como Gênesis, Daniel, Mateus, Romanos ou Apocalipse, para sondar as profundezas contidas naquela parte da Palavra;
3º Estudo de assuntos particulares, tais como: a superior aliança, as dispensações, a segunda vinda de Cristo, o reino e o arrebatamento, para apreender a esfera completa de certas verdades;
4º Estudo individual de palavras tais como: redenção, perdão, justificação, reconciliação, salvação, justiça e santidade, para aprender o significado básico de certas palavras cruciais;
5º Estudo de tipos, como o tabernáculo, o altar, a arca, o templo e as ofertas, para ganhar um retrato claro de Cristo, da igreja e das coisas espirituais;
6º Estudo de alegorias, como Sara e Agar (Gl 4:24), o poço de Jacó (Jo 4:12-14) e os rios de água viva (Jo 7:38), para perceber o significado de tais assuntos espirituais;
7° Estudo de parábolas, como as sete parábolas em Mateus 13, a parábola das dez virgens e a parábola dos talentos, para entender as profundezas desses mistérios;
8º Estudo de números, como o número 3, 5, 7, 8 e 12, para entender seu significado na Bíblia;
9º Estudo de profecias, tais como: as profecias a respeito de Israel, a respeito da igreja e a respeito dos gentios, para entender a verdade na Bíblia referente às eras;
10º Estudo da vida de certos personagens bíblicos, como Abraão, Davi, Daniel, Pedro e Paulo, para aprender a partir do exemplo da vida deles registrado nas Escrituras;
11º Estudo da história de Israel e da igreja, para ver como Deus administra em Seu governo;
12º Estudo de salmos e de cânticos para aprender a louvar e a orar;
13º Estudo comparativo de uma porção da Bíblia com outra similar ou não similar;
14º Estudo referindo-se ao texto original hebraico ou grego para obter o significado preciso de determinada palavra ou frase;
15º Estudo usando os escritos de outras pessoas, para receber sua ajuda, inspiração e ponto de vista equilibrado;
16º Estudo para adquirir conhecimento e receber luz da Bíblia. Ele usava um exemplar da Bíblia para fazer anotações e observações com essa finalidade;
17º Estudo para vida, visando receber o pão diário para a vida espiritual. Com tal finalidade, ele usava outra Bíblia, sem nenhuma anotação ou observação, para que pudesse receber nova luz para suprimento espiritual;
18º Estudo feito pela leitura dinâmica, para estar familiarizado com a Bíblia. Em torno dos vinte anos, ele lia o Novo Testamento inteiro cada semana, durante todo o ano, perfazendo 48 leituras aproximadamente por ano;
19º Estudo mediante uma leitura lenta para meditar em certas porções da Palavra;
20º Estudo pela memorização de certos versículos ou passagens cruciais a fim de armazenar a Palavra no coração para as necessidades constantes e momentâneas.

Livros Evangélicos
Livros Cristãos.
LEITURAS DE LIVROS ESPIRITUAIS

"Watchman Nee não foi apenas um excelente estudioso da Bíblia, mas também um leitor estudioso de livros espirituais. Ele foi maravilhosamente agraciado com a capacidade de selecionar, compreender, discernir e memorizar material adequado. Ele podia facilmente captar os assuntos de um livro numa olhadela. Lendo publicações cristãs, ele não apenas foi ajudado a receber luz e vida espirituais como também se tornou conhecedor da história da igreja e do cristianismo no mundo ocidental. Por intermédio de Margaret Barber, ele se familiarizou com os livros de D.M. PantonRobert GovettG.H. PemberJessie Penn-LewisT. Austin-Sparks e outros. Ele também colecionou os escritos dos mestres entre os Irmãos Unidos, tais como John Nelson DarbyWilliam Kelly e C.H. Mackintosh. Além desses, ele também reuniu os escritos de muitos  outros. No início de seu ministério, ele gastava um terço da sua renda com necessidades pessoais, um terço para ajudar os outros e o terço restante para comprar livros".

Watchman Nee
Watchman Nee.
(1903-1972)
Mao Tse-tung estudava com entusiasmo MarxHegel e Nietzche. No entanto, soberanamente, um jovem chamado Watchman Nee meditava cuidadosamente sobre as vidas de John BunyanAndrew Murray e sobre a Bíblia. Duas mentes jovens motivadas com sede de aprendizado, em trajetórias distintas - com o destino da China em jogo.

"Dessa maneira, ele reuniu quase todos os escritos clássicos a partir do primeiro século em diante. Ele adquiriu uma coleção de mais de três mil dos melhores livros cristãos, que incluíam livros sobre a história da igreja, biografias e autobiografias de cristãos proeminentes e as mensagens centrais e comentários de escritores espirituais. Aos vinte e três anos, seu quarto estava quase totalmente cheio de livros. Havia livros no chão e uma fileira de livros de cada lado de sua cama, deixando apenas um espaço estreito no meio para deitar-se".

Watchman Nee
Watchman Nee.
(1903-1972)
"Nunca encontrei um servo do Senhor tão equilibrado como o irmão Watchman Nee. Ele é rico em vida e também rico em conhecimento. Ele conhece e ama o Senhor e também conhece e ama a Bíblia. Ele conhece  a Cristo e também conhece a igreja. Ele é por Cristo e também é pela igreja. Portanto, seu ministério tem sido sempre equilibrado por dois aspectos: o espiritual e o prático. (...). As mensagens sob o ponto de vista espiritual estão principalmente relacionadas com a questão da vida espiritual, enquanto as do ponto de vista prático estão totalmente relacionadas com a prática da vida da igreja, isto é, a maneira de ser praticada a vida da igreja. (...). O irmão Nee, contudo, é adequadamente equilibrado nessas duas questões. Ele não apenas tem o comissionamento da vida espiritual, mas também tem o encargo da prática da vida da igreja. Ele tem uma visão clara de ambos, e ele é fiel ao Senhor pela vida espiritual e também honesto ao Seu povo em relação à prática da vida da igreja. (...). Alguns acham que a cidade como base é algo do ensinamento dos Irmãos Unidos, e que adotamos este tipo de ensinamento deles. Na verdade, os Irmãos Unidos nunca viram a base da cidade e nunca usaram o termo "a base da unidade". (...). A cidade como base não foi descoberta por nós até 1937, e isto por intermédio do irmão Nee. Mesmo em 1934 o irmão Nee só havia descoberto o limite de uma igreja, o qual é o limite da cidade dentro da qual a igreja está situada. (...). Finalmente, ele descobriu que o Novo Testamento revela claramente que o limite de uma igreja é o limite da cidade, na qual está a igreja. Imediatamente após sua nova descoberta, o irmão Nee deu uma série de mensagens sobre este assunto (...). Estou relatando um pouco da história, apenas para deixar claro que a cidade como base é uma nova descoberta, é outro item da restauração do Senhor nos últimos dias, por intermédio do irmão Nee, e não algo da restauração por meio dos Irmãos Unidos. (...).". Witness Lee.

China Comunista
China Comunista.
SEUS ÚLTIMOS ANOS

"No verão de 1966, na mesma época em que os Beatles faziam sucesso na Europa com "Sergeant Pepper", o pastor Martin Luther King Jr. marchava pelas ruas de Chicago reivindicando liberdade irrestrita para os negros em todo os Estados Unidos, e no Brasil, ao ritmo da bossa nova, a ditadura militar começava sua perseguição aos intelectuais e artistas engajados; a figura esquálida de um chinês jazia encolhida no chão frio e úmido, de uma cela de apenas 1,35m x 2,85m, infestada de ratos, localizada nos subúrbios de Shanghai. Após quatorze anos de sofrimentos e as mais cruéis tentativas de dissuadi-lo a parar de pregar e ensinar sobre Jesus Cristo, Watchman Nee estava com o corpo todo fraturado, pesava menos de 37 quilos, apesar de seus 1,80m de altura, mas sua alma estava forte, sadia e exultante. Ainda podia balbuciar hinos e trechos bíblicos que proliferavam em sua memória, desde que lhe arrancaram seu querido exemplar da Bíblia, ao chegar à prisão".
"Watchman Nee foi vítima de toda espécie de ardis, traições e calúnias. Entretanto, em seus anos de silêncio e após sua morte, tem levado milhões de pessoas ao conhecimento de Jesus".
No ano de 1972, o irmão Nee entrou no regozijo eterno. Ele deixou um pedaço de papel debaixo do seu travesseiro na prisão com várias linhas de palavras grandes escritas com uma mão trêmula. Ele queria testificar a verdade que ele havia experimentado por toda a sua vida, até mesmo na hora da sua morte. Esta verdade é - "Cristo é o Filho de Deus que morreu pela redenção dos pecadores e ressuscitou depois de três dias. Esta é a maior verdade do universo. Eu morro por causa da minha crença em Cristo - Watchman Nee".

FONTE:
Livro: Watchman Nee - Um homem de Deus.
176 páginas.
Autor: Charles W. Hiang.
Editora: Abba Press. (Brasil).
Livro: Biografia de Watchman Nee - O testemunho de um homem que viu a revelação divina nesta era.
350 páginas.
Autor: Witness Lee.
Editora: Árvore da Vida. (Brasil).

Livro: A Ortodoxia da Igreja.
110 páginas.
Autor: Watchman Nee.
Editora: Árvore da Vida. (Brasil).

Livro: Não ameis o Mundo.
142 páginas.
Autor: Watchman Nee.
Editora: Dos Clássicos. (Brasil).

Wikipédia, a enciclopédia livre.