domingo, 3 de abril de 2011

Reserve UM tempo p/ afiar SEU machado...Oração, Ora+ Ação = Oração‏

Postado por: O Criador & Criatura


Certa vez, o dinâmico evangelista Moody, que tem o seu nome ligado a diversas instituições, fazia uma viagem através do Oceano Atlântico, quando irrompeu, a bordo, um incêndio de gigantescas proporções. Diante do perigo que a todos ameaçava, passageiros e tripulantes, alinharam-se e foram passando os baldes d'água para dominar o fogo. Vendo as labaredas do incêndio e a fumaça negra, que subia encaracolada, disse um crente ao notável pregador: "Vamos ali, a um canto, orar para que Deus nos auxilie a debelar o mal." Moody, porém, contestou: "Não senhor, será muito mais conveniente que oremos aqui mesmo na fila, enquanto vamos passando os baldes." E assim fizeram. Enquanto trabalhavam ativamente para extinguir as chamas, iam pedindo a Deus que os ajudasse. E dentro em pouco o fogo foi completamente abafado. Orar e agir conjuntamente - eis o segredo das grandes vitórias.
 

Orar!

Um crente que não tem tempo para orar é como um homem cortando uma árvore com um machado cego. Ele não quer parar para afiar o machado porque quer ver a árvore derrubada. Afiar o machado durante alguns minutinhos vai acelerar muito a velocidade do serviço reserve tempo para afinar seu machado em Oração

Abraham Lincoln disse: "Dêem-me seis horas para abater uma árvore e eu vou passar as primeiras quatro a afiar o machado".

Jorge Müller costumava dizer que "um crente pode fazer mais em quatro horas, depois de empregar uma em orar, que cinco sem orar".

A maior parte das pessoas justifica a sua negligência com a oração dizendo que não tem tempo. São homens e mulheres que afirmam estar ocupados demais para orar. Dizem que precisam acordar muito cedo e deitar muito tarde, e que por causa das tantas atividades não possuem tempo para se dedicarem à oração.
Jesus também era uma pessoa extremamente ocupada. Constantemente as pessoas vinham procurá-lo, desejando receber uma palavra de aconselhamento, o esclarecimento de uma dúvida, o ensinamento acerca do Reino de Deus ou uma ministração de cura. As pessoas não se perguntavam sobre a disponibilidade de Jesus. Elas não estavam preocupadas se Jesus precisava comer, dormir ou descansar. Elas queriam simplesmente obter a satisfação dos seus anseios.

Jesus era tão requisitado que houve ocasiões em que Ele não conseguia nem mesmo comer, porque as pessoas iam e vinham para ouvi-lo e tocá-lo (Marcos 3.20). Contudo, apesar disso, ele sempre encontrava tempo para se dedicar à oração.

A Bíblia diz que apesar das multidões virem para ouvi-lo e para serem curadas, “Jesus se retirava para lugares solitários e orava” (Lucas 5.16). Apesar de tudo, Jesus se afastava das pessoas e buscava se dedicar à oração. Jesus não se deixava levar pelas pressões das pessoas e nem do seu ministério. Ele entendia que mais importante era o seu relacionamento com o Pai.
 Por isso, o seu tempo de oração era o seu tempo de relacionamento pessoal, de encontro e de comunhão com o Pai.

Por isso, você também, por causa do seu relacionamento com Deus, precisa separar algum período do seu dia para se dedicar à oração. Ainda que sejam muitas as suas atividades, que você acorde cedo e vá se deitar tarde, que você tenha várias horas do seu dia ocupadas com o seu estudo e trabalho, que aos seus olhos não exista tempo para se voltar para Deus em oração, você precisa se esforçar para separar um período do seu dia para orar. Além disso, essas muitas atividades e pressões são, na verdade, mais um motivo pelo qual você precisa parar para se dedicar à oração. Você está ocupado demais para deixar de orar!