domingo, 13 de março de 2011

Você sabe como morreram os doze discípulos?

Postado por: O Criador & Criatura


Uma das coisas que mais impressiona na vida dos apóstolos, são a confiança e principalmente a coragem de fazerem a vontade de Deus. A maioria das pessoas sabem que os apóstolos, foram martirizados e torturados por causa do nome de Jesus, mas você realmente sabe os detalhes dessas barbaridades ? Se não, nos acompanhe nessa viagem com um misto de alegria e tristeza!
André:
André foi um dos primeiros discípulos de Cristo! Segundo alguns livros consultados, sua morte aconteceu na Grécia, durante o reinado de Trajano. André foi crucificado em uma cruz em forma de X.
Bartolomeu:
Bartolomeu foi apresentado a Jesus pelo apostolo Filipe! Segundo alguns livros consultados, depois de viajar a Índia para pregar o evangelho, converteu a muitos naquela região. O que provavelmente o levou a morte! Sua morte, aconteceu quando os sacerdotes daquela região, sentiram inveja de Bartolomeu e conseguiram ordens para retirar sua pele e ainda decapita-lo.
Filipe:
Conta uma tradição que ele morreu crucificado de cabeça para Baixo aos 87 anos, em Gerápolis, no tempo do imperador Domiciano.
Judas (não é o traidor):
Segundo alguns relatos, Judas foi martirizados cruelmente quando estava na Persia. Judas foi morto a golpe de machado desferido por sacerdotes, simplesmente por não adorar à deusa Diana.
João:
João foi o único discípulo de Cristo a morrer de morte natural, mais precisamente de velhice. João morreu em Éfeso!
Mateus:
Autor do primeiro evangelho, ainda à muitas divergências sobre sua morte. Segundo alguns livros consultados, Mateus foi decapitado, em outras fontes Mateus foi apedrejado e queimado na Etiópia.
Tiago, filho de Zebedeu:
Foi preso juntamente com Pedro, e decapitado por ordem do rei Herodes Agripa (At 12,2).
Tiago, primo de Jesus:
Segundo os historiadores Hegesipo, Clemente de Alexandria e o hebreu Flavius Josephus, o apóstolo teria sido condenado por se recusar a denunciar os cristãos, sendo apedrejado até a morte, por ordem do corpo religioso do Templo, dirigido pelo sumo sacerdote Ananias.
Tomé:
Consta que foi martirizado e morto pelo rei de Milapura, na cidade indiana de Madras, onde fica o monte São Tomé e a catedral de mesmo nome, supostamente local de seu sepultamento. Historiadores acreditam que o apóstolo foi morto alvejado por lanças, quando orava.
Pedro:
Foi executado por ordem do imperador, no mesmo ano de Paulo e pelo mesmo motivo, mas em ocasiões diferentes. Conta-se, também, que pediu para ser crucificado de cabeça para baixo, por se julgar indigno de morrer na mesma posição de Cristo.
Simão:
Não existe muitas informações sobre sua morte, mas segundo uma notícia de Egésipo, o apóstolo teria sofrido o  martírio durante o império de Trajano, contando já com a avançada idade de 120 anos.
Judas Iscariotes:
Conta Mateus (27:3-10), que ele se arrependeu amargamente depois que viu a crucificação de Jesus, jogou as 30 moedas aos pés dos sacerdotes e em seguida, dominado pelo remorso, suicidou-se enforcando-se numa figueira. Também segundo a tradição, os sacerdotes pegaram o dinheiro e compraram um terreno para servir de cemitério aos estrangeiros, sendo posteriormente chamado deCampo do Sangue.
Matias:
Poucos relatos existem sobre sua vida, mas a tradição diz que ele morreu martirizado e decapitado em Colchis, perto do Mar Negro.

Olhando essas histórias podemos saber um “pouquinho” sobre a morte desses apóstolos de Cristo. Suas histórias não morreram com eles, e até hoje nos inspiram a ser como eles: FIEIS ATÉ O FIM!

Fontes: Livro Antiguidades de Flavius Josephus e Departamento UFCG